Feliz Dia dos Pais, também para as pães

No próximo domingo (12), celebramos mais um Dia dos Pais e, numa semana com tantos debates ao redor do tema “legalização do aborto”, nada mais relevante do que falar também dos pais que “abortam” os seus filhos, que passam a ser criados exclusivamente pelas mães, as conhecidas “pães”, aquelas que, por um motivo de força maior, acabaram tendo que criar seu(s) filho(s) sozinhas e fazendo, muitas vezes, o papel de pai e de mãe ao mesmo tempo.

E é para esse tipo de mãe que vai hoje a nossa homenagem de Dia dos Pais, claro que, sem esquecermos dos pais que honram plenamente a função de ter um filho, de participar ativamente da sua criação, das obrigações, das tarefas e do dia a dia dos pimpolhos.

Ter um filho é uma aventura que, quando compartilhada, já é repleta de desafios, mas que, quando individual, é ainda mais complexa e é por esse motivo que decidimos homenagear essas mulheres fortes e guerreiras, que criam seus filhos sozinhas, enfrentam o preconceito e desigualdade para cria-los da melhor maneira possível. Para você, que é uma grande pãe ou para você que é um grande pai, fica aqui a nossa homenagem: Feliz Dia!

Gostou do nosso tema de hoje? Fique de olho aqui e nas nossas redes sociais, em breve, mais um tema bem bacana aqui no nosso espaço. Ah, e fique à vontade para sugerir assuntos que gostaria que abordássemos, vamos adorar!

Beijos da equipe Daxx/Higi!

Anúncios

Vamos falar sobre camisinha feminina?

A camisinha feminina é bem estranha num primeiro momento, mas nada como conhecer melhor seus benefícios e testá-la para desmistificar alguns pontos. Pensando em tirar algumas dúvidas que possam surgir em sua mente, nosso tema de hoje falará um pouco mais sobre o preservativo feminino. Bora saber mais?

Ao contrário do preservativo masculino, que é feito de látex, a feminina é composta por poliuretano, um material mais fino (e que pode ser utilizado por quem é alérgica a látex), tem 15 centímetros de comprimento e 8 de diâmetro, vem com dois anéis, um externo e um interno móvel, que não deve ser tirado de jeito nenhum, já que serve de guia para a colocação da camisinha no fundo da vagina.

Além da liberdade que proporciona à mulher, já que ela passa a não depender do parceiro para se proteger, a camisinha feminina impede a entrada do espermatozoide, evita a troca de secreções genitais ou orais e previne doenças sexualmente transmissíveis.

Muitos homens consideram o uso da camisinha feminina melhor porque não aperta e permite que o pênis fique dentro da vagina mesmo depois da ejaculação, e o anel externo pode estimular o clitóris, ajudando na obtenção do prazer.

Quer saber mais? Você pode introduzir o preservativo feminino até 8 horas antes da relação. Não é incrível? E ela ainda pode ser utilizada até mesmo “naqueles dias”. Afinal, desejo não marca hora!

Mas lembre-se: preservativo requer alguns cuidados de armazenamento. Por isso, nada de guardá-las em locais abafados, como carteiras e caixinha. Ah, e confira sempre a sua data de validade! Também fique atenta para não retirar a camisinha feminina em pé, pois o esperma pode escorrer. Outro ponto importante para frisarmos é: nunca utilize a preservativo feminino e o masculino ao mesmo tempo, o risco deles estourarem é maior.

No mais, cuidem-se, meninas! E aproveitem a vida da melhor forma! 😉

Gostou do nosso tema de hoje? Fique de olho aqui e nas nossas redes sociais, em breve, mais um tema bem bacana aqui no nosso espaço. Ah, e fique à vontade para sugerir assuntos que gostaria que abordássemos, vamos adorar!

Beijos da equipe Daxx/Higi!

 

Mas afinal, o que é empoderamento feminino?

No mês das mulheres, nada melhor do que falar sobre uma expressão muito ouvida nos últimos tempos: empoderamento feminino.

O termo diz respeito à consciência coletiva expressada por ações para fortalecer as mulheres e desenvolver a equidade de gênero. O empoderamento visa mudanças sociais numa perspectiva antirracista, antielitista e antissexista, por meio das mudanças das instituições sociais e consciência individual. Significa ter consciência dos problemas que nos afligem e criar mecanismos para combatê-los.

Empoderar é um ato diário. Você não precisa encabeçar algum ministério para ajudar outra mulher. Você pode começar compreendendo que mulheres não são substituíveis e que nenhuma nasceu para ser sua inimiga. Uma vez que se compreende isso, você também compreende que lugar de mulher é onde ela quiser.

Somos poderosas. Impulsionando positivamente umas as outras iremos longe. Não haverá patriarcado e machismo que resista.

Lembre-se que uma vez que você empodera outra mulher, você se empodera. Você muda o mundo dela e o seu também.

Gostou do nosso tema de hoje? Fique de olho aqui e nas nossas redes sociais, em breve, mais um tema bem bacana aqui no nosso espaço. Ah, e fique à vontade para sugerir assuntos que gostaria que abordássemos, vamos adorar!

Beijos da equipe Daxx/Higi!